Regresso

Posted: 9 de novembro de 2013 by O Boss in
0

Devemos encarar estas coisas como algo normal, saudável até... porque as pessoas conscientemente tomam as suas decisões e devemos respeitá-las por isso, independentemente de concordarmos ou não com elas. E assim é que deve ser!

A "Alice" ficou-se pelo país da maravilhas... agora estamos noutra cena... completamente diferente; do antigo elenco, sobrou um, ao qual se juntaram mais 7... todos eles inexperientes nestas lides do teatro e praticamente sem se conhecerem uns aos outros, isto apesar de alguns estarem, até, na mesma turma... 
(mas todos sabemos que ser colegas não significa sermos "amigos")

Estou a pensar retomar uma ideia antiga de fazer uma espécie de "diário de bordo" que relate a(s) nossa(s) experiência(s) e este vai ser o primeiro contributo... veremos onde isto nos vai levar.

Pela minha parte, gostaria de propor uma música que foi utilizada num  aquecimento muito rápido, numa sessão dominada pela tentativa de dominar a concentração... foi difícil, mas conseguimos... e esta foi a banda sonora deste ensaio...

Para recuperar a ideia da última publicação, quisemos, lutámos, e estamos a renascer... talvez não da mesma maneira, mas isso não é fatalidade nenhuma... porque evoluir também é algo normal!



Voltaremos...


"Renovatio"

Posted: 6 de outubro de 2013 by O Boss in
0

Depois das férias, veio a planificação da peça "Onde está Alice?" (baseada nas obras de Lewis Carroll), a seguir à qual aconteceram outras incidências na constituição do grupo e dos seus objetivos; neste momento estamos em fase outonal, após a qual virá o inverno e, consequentemente, a Primavera e o Renascimento... porque há coisas que não estão destinadas a morrer enquanto nós assim o quisermos e por isso lutarmos...    

Ecos da Oficina

Posted: 13 de julho de 2013 by O Boss in
1

A sério!
Nunca tinha feito uma oficina tão longa, tão intensa, tão exigente, tão... radical!


Objetivo da oficina: preparar fisica e tecnicamente o ator, construir uma personagem, planificar uma cena... 

 

movimentação, andar, gestos, traços físicos distintivos, espaço, voz, expressão de sentimentos, desenvolvimento e sequência da ação...


quem é a personagem, o que ela quer, o que está ali a fazer...


controlar o corpo e a voz, ocupar o espaço, manter a mente ocupada, diversificar, adaptar, flexibilizar, criar cena... não ficar pelo normal mas sim procurar outros modos de fazer, falar, pensar... e isso exige reflexão, empenho e trabalho;


aprender a aplicar um método - também ele exigente, rigoroso, objetivo... a habituação a um modelo de ensaio em que nada é deixado ao acaso;


tudo, mesmo tudo, desde o aquecimento, aos alongamentos e exercícios de flexibilidade, abdominais e a sua aplicação no controlo e projeção da voz, resistência, rigor nos movimentos, consciência do corpo... tem a sua aplicação no objetivo deste workshop...



a quem a concluiu, os meus parabéns... resistiram a tudo: cansaço, pressão, dúvida, medo, angústia, ... sabem o que querem e conto convosco. 

a quem participou mas teve de interromper ou que não pode participar por algum motivo... encontramo-nos em setembro.

a quem saiu (João, Sofs, Moita, Nuno) ... o meu respeito por vós. 

a quem participou, tivesse concluído  interrompido ou saído, convido a deixar aqui a vossa opinião...


Alice espera por nós!

Allegría!

Oficina de Teatro 2013

Posted: 30 de junho de 2013 by O Boss in
0

Só para lembrar que a Oficina de Teatro 2013 começa amanhã e decorre entre as 14h30 e as 18h30 de 1 a 5 e de 8 a 12 de  julho. 

Levem água, uma toalha dá jeito (por causa deste calor), roupa leve, um caderno e algo para escrever... e talvez uma muda de roupa porque vão sair de cada sessão completamente ensopados.



NOTAS:

A oficina é intensiva, não comam muito mas comam bem... aí por volta das 13h. 

Não se atrasem... se acham que não conseguem chegar a tempo, não se incomodem mais... vão à praia, ao shopping, fiquem a ver as tardes da júlia mas não nos interrompam.

Não faltem... se faltarem faltam a uma parte importante, perdem a informação, perdem a sequência, perdem a personagem e perdem oportunidades...

Não há visitas, não há amigos, não existe nada mais para além do nosso mundo... e esse está fechado!

Até amanhã... o primeiro dia do resto da vossa vida. 

Allegria!

Ainda a Junqueira...

Posted: 27 de junho de 2013 by O Boss in
0

Uma seleção de fotos tiradas pela nossa Rita Agra....

Obrigados! 



"Fazemos Cenas!" na Junqueira...

Posted: 24 de junho de 2013 by O Boss in
0

Mais fotos... 

Vem aí o Garrett! Devisa


e assim que for possível, vamos publicar também alguns videos.

Allegría!

As nossas Cenas n' "A Junqueira em Festa!"

Posted: 23 de junho de 2013 by O Boss in
0

A nossa estreia absoluta em Animação de Rua. 


A ideia foi, basicamente, inventar diversas personagens que interpretassem a frase "Vem aí o Garrett!" à sua maneira. 

Deste pressuposto, resultaram pequenos dramas e tramas que iam desde negócios mais ou menos lícitos, cunhas para emprego, previsões mais ou menos otimistas sobre o futuro, expetativas e impaciências sobre a vinda, há muito aguardada, do Cine-Teatro Garret.

Taz - O Cigano

Afonso - O Produtor... e Furtado - O Ator

Fred - A Cartomante

Luís - O Apresentador

João - O Ator Pessimista

Sofs - A Fadista Otimista

Inês - O Mimo Expectante

Paola - A Doméstica Impaciente 

Foi um prazer ter participado... 
Taz Torres, Afonso Fonseca, Jorge Furtado, Frederica Ferreira, Luís Sandão, João Ferreira, Sofia Guimarães, Inês Carvalhido e Paola Barreto. Direção, do Boss.

Aqui fica a memória e o nosso agradecimento a quem nos viu e ouviu.


Allegría!

Junqueira em Festa!

Posted: 19 de junho de 2013 by O Boss in
2

É com todo o gosto que vamos participar neste evento e festejar este acontecimento e esperamos que o mais brevemente possível... faz falta à Póvoa!


E depois, queremos aparecer mais vezes, colaborar mais com entidades exteriores à Escola Rocha Peixoto, "cativar mais almas" para o teatro e para a arte... e a educação pela arte...

Vamos fazer cenas... partilhem, divulguem e, sobretudo, apareçam para celebrar connosco, porque... "Vem aí o Garrett!"



(Nota: não se fiem muito nas 17h... às tantas, pode apetecer-nos aparecer por lá mais cedo ;)


Programação junho/julho

Posted: 2 de junho de 2013 by O Boss in
3

Alegria,

depois do "Espelho Meu", é tempo de repensar e recriar... para já, uma pausa sabe sempre bem; dá para falar, para refletir e para retificar coisas que não resultaram tão bem como gostaríamos.

Queremos começar já a preparar a peça que vamos apresentar na XIV MTE... baseada em Lewis Carroll e nas suas obras "Alice, no País das Maravilhas" e "Alice, do outro lado do espelho"... como fazer isso?

Queremos ter um papel mais interventivo, dinâmico e frequente... como fazer isso?

Queremos começar já a preparar a peça que vamos apresentar na XIV MTE... baseada em Lewis Carroll e nas suas obras "Alice, no País das Maravilhas" e "Alice, do outro lado do espelho"... como fazer isso?

Queremos trazer mais pessoas ao teatro, à escola, aos Devisa... como fazer isso?

Não o poderemos fazer, se não houver participação... 

(como dissemos na última peça...)
"Quem se atreve?"

Até final de junho, estão abertas as inscrições.
A oficina de preparação de ator irá decorrer, previsivelmente, de 1 a 5 e de 8 a 12 de julho...

Até breve...



Ficha de Inscrição (download)

Obrigados!

Posted: 25 de maio de 2013 by O Boss in
0


Quero, em nome dos Devisa, agradecer pessoalmente a cada um dos nossos Amigos que vieram ver a nossa peça e apoiar o nosso trabalho e pedimos desculpa por qualquer coisa que não tenha corrido tão bem quanto desejaríamos (vamos trabalhar para que tal não volte a acontecer).

Este ano ficamos por aqui... mas esperamos rever-vos no próximo ano.

Gostámos de partilhar o nosso "Espelho" convosco. Convidamo-vos a publicar as vossa críticas e apreciações.

Até para o ano... talvez do outro lado do espelho... talvez no país das (ou sem) maravilhas... talvez com Alice...

Bem-hajam e, até lá, sejam felizes.

"Espelho Meu"

Posted: 21 de maio de 2013 by O Boss in
0

Aparentemente, houve uma confusão qualquer mas que não vai impedir uma última apresentação da nossa peça...

Para todos aqueles que ainda não se olharam no nosso espelho, ou até para aqueles que, apesar de o ter já visto, querem descobrir algo de novo nesse reflexo... encontramo-nos às 22h00.

Para quem já esteve connosco nos Devisa... pode aparecer um pouco mais cedo... e rever outros momentos.

Estão convidados e ficaremos muito honrados com a vossa presença.


Alegria!

Respeito

Posted: 18 de maio de 2013 by O Boss in
6

Ontem, 17 de maio, foi a nossa última oportunidade para apresentar a peça "Espelho Meu" (por razões que nos são alheias e que pouco têm a ver com o título desta publicação).


E porque eu, pessoalmente, respeito, admiro e amo de paixão todos aqueles que fazem e fizeram parte na História dos Devisa desde o ano 2000 e que respeitaram e honraram a nossa Escola, fica aqui a minha sincera homenagem a cada um deles...

O meu Respeito por todos...


... e a todos, bem hajam!


Dia da Escola

Posted: 11 de maio de 2013 by O Boss in
2

Bem... na verdade é na noite anterior, mas conta para a celebração do dia da nossa escola:

O DIA DA ROCHA

e, o nosso contributo vai ser... "Espelho Meu" - edição revista e aumentada desde a sua estreia na XIII Mostra.

Fica o convite para a penúltima exibição desta peça (a última será no dia 24 de maio).


Personagens e Atores:     
Abluto … Taz' Torres > Acro … Jorge Furtado > Aracno … Rita Agra > Ergo … Mara Silva > Espectro … Afonso Fonseca > Filema … Inês Carvalhido > Filo … Francisca “Fly" Soares > Hipo … Luís Sandão > Nocto … Mafalda Areias > Odonto … Sofia Brito > Piro … Paola Barreto > Ptero … Sofia Guimarães > Pupa … Frederica Ferreira

Amigos:      
Amaly … Filipa Alves > Amély … Chica Oliveira > August … João Ferreira > July … Catarina Carreira > Juny … Bárbara Marafona
                                             
Mestre de Cerimónias:       
Bernardo Travessas   

Dramaturgia, Desenho de som, Desenho de Luz - Jorge Curto > Adereços - Armando Gomes > Cenografia      - Taz' Torres > Coreografias - Devisa e Pois, da Rocha > Operação de Som - Rita Nova > Operação de Luz - Jorge Curto > Direção de Cena - Bernardo Travessas > Figurinos e Maquilhagem - Devisa > Encenação - Jorge Curto

Inscrições 2013/2014

Posted: 26 de abril de 2013 by O Boss in
0

Estão abertas as Inscrições para o Teatro Escolar - Devisa até ao final de Maio. 


Opções:
- podem preencher uma ficha na Biblioteca da Escola, 
- fazer o download de uma através da página da ESRP,
- solicitar o envio de uma ficha através de um comentário a esta publicação,
solicitar o envio de uma ficha através de um pedido para devisa.teatro@gmail.com

Esperamos por vós...

Allegria!

Novo sítio dos Devisa.

Posted: 25 de abril de 2013 by O Boss in
1

Escolhi o dia de hoje - 25 de abril - para publicar o novo sítio dos Devisa - Teatro Escolar. 
Porque a Liberdade é um bem precioso e porque não devemos ter medo de a cultivar...


http://teatrodevisa.wix.com/devisa-teatro

I Encontro do Apoio Psicossocial.

Posted: 20 de abril de 2013 by O Boss in
0






Tivemos o maior prazer em colaborar com este evento e em contribuir para a divulgação das iniciativas que a nossa Escola promove. 12ºR, foi uma honra; esperamos ter agradado a plateia apesar das limitações. Obrigado pelo convite e parabéns pela iniciativa.


Fotos da nossa peça no 1º Encontro do Apoio Psicossocial no dia 18 de abril na ESRP.
Obrigado, José Carlos, pelas (espantosas) fotos!



Allegria!

XIII Mostra de Teatro Escolar

Posted: 6 de abril de 2013 by O Boss in
4

E pronto, acabou...

... passou muito rapidamente esta semana. Ficam aqui as memórias:


> EB 2/3 Dr. Flávio Gonçalves, peça apresentada no dia 2 de abril na abertura da XIII MTE e encenada pela nossa Devisa, Rita Nova:

https://picasaweb.google.com/109499734255001985619/Flavio?authuser=0&authkey=Gv1sRgCJ28-8OI4t_alQE&feat=directlink


> Oficinas de Formação em que participaram elementos dos DevisaClown, Percussão e Malabarismo com Poi e Staff:

https://picasaweb.google.com/109499734255001985619/Oficinas?authuser=0&authkey=Gv1sRgCJKB4rrNhMauhQE&feat=directlink


> ES Rocha Peixoto, Espelho Meu, encerramento da Mostra, 5 de abril... Nós!

https://picasaweb.google.com/109499734255001985619/EspelhoMeu?authuser=0&authkey=Gv1sRgCKvEhq2k3JamEg&feat=directlink


Até à próxima... até sempre...

"Espelho Meu"

Posted: 19 de março de 2013 by O Boss in
0


"ESPELHO MEU
será a peça que vamos apresentar na XIII Mostra de Teatro Escolar da Póvoa de Varzim, 

Estreia: 5 de Abril de 2013 - Auditório da ES Rocha Peixoto


interpretação
Afonso Fonseca, Chica Oliveira, Filipa Alves, Sofia Guimarães, Bárbara Marafona, Bernardo Travessas, Catarina Carreira, Fly Soares, Frederica Ferreira, Inês Carvalhido, João Ferreira, Jorge Furtado, José Torres, Luís Sandão,  Mafalda Areias, Mara Silva, Marta Brenha, Paola Barreto, Rita Agra e Sofia Brito.

apoio:
Armando Gomes

dramaturgia e encenação:
jorge curto

XIII Mostra de Teatro Escolar

Posted: 16 de março de 2013 by O Boss in
0

Aqui estão as nossas boas-vindas a todos os participantes, atores ou espetadores, da XIII MTE.

Ainda falta a confirmação de uma escola e, por isso, apenas podemos adiantar os nomes dos 

"À DERIVA", da Escola EB 2/3 Dr Flávio Gonçalves - Póvoa de Varzim, no dia 2 de abril, 

..., no dia 3 de abril,

a Escola Secundária de Camilo Castelo Branco - V. N Famalicão, no dia 4 de abril e...

"DEVISA" da Escola Secundária de Rocha Peixoto... da Póvoa de Varzim! Claro! 
A 5 de abril!



Todos os espetáculos às 21h45... no Auditório da Escola Secundária Rocha Peixoto

ALLEGRIA!


Memórias - Os últimos anos: 2010, 11 e 12

Posted: 9 de março de 2013 by O Boss in
0


Termina aqui o périplo pelas nossas peças apresentadas nas MTEs... de 2010 a 2012. A próxima publicação será sobre a XIII edição...

Allegria!



<2009/2010> 

"Apocalipse"


Apresentação:

Esta peça não é um texto dramatúrgico; é uma revelação, um apocalipse, uma iluminação. É um exercício de imaginação, ou de falta dela. É uma proposta de trabalho para casa; uma provocação, uma sugestão para pensar e criticar. Perdoe-me Mestre Gil pela subversão, diria mais, pela perversão dos seus textos; intimamente, quero agradecer-lhe por estar convicto de que a riqueza do seu legado se presta muitíssimo a este género de reflexão e ele não se importaria de saber, talvez até com uma pontinha de curiosidade, o que algumas das suas personagens pensariam do mundo se, de repente, ressurgissem cinco séculos após a sua primeira aparição. De certeza, seria tudo diferente... ou não?



Ficha Técnica e Artística

Interpretação
Cláudia Silva

Ana Filipa Barbosa

Tiago Queirós

Daniela Flores

Mara Silva

Flora Faria

Mariana Troina

Tânia Castro

Armando Gomes

Tiago Leite

Rita Agra

João Ferreira


Colaboração da Turma do 12º Ano do Curso Profissional de Técnico Animador Sociocultural
Cláudia Cepa, Sofia Neves, Carina Silva, Cátia Costa, Cristiano Ribeiro, Daniela Oliveira, Fátima Magalhães, Isabel Costa, Jennifer Barbosa, Joana Reis, Joana Serra, Assunção Guimarães, Marlene Costa, Patrícia Ferreira, Manuela Nova, Rute Torres, Sílvia Cova, Susana Silva e Susana Padre

Dramaturgia, Desenho de Luz, Desenho de Som, Cenografia, Movimento e Coreografia

Jorge Curto

Cartaz

Isabel Sofia Pinheiro
Operação de Luz e Som
Jorge Curto e André Ricardo
Direcção
Jorge Curto











<2010/2011

"Pum, tás morto!"

Texto
William Mastrosimone (EUA)

Tradução e Adaptação
Jorge Curto

Interpretação
Ana Filipa Barbosa
Ana Isabel Fernandes
Ana Isabel Pereira
Mafalda Areias
Armando Gomes
Bárbara Marafona
Bernardo Travessas
Catarina Carreira
Cátia Lopes
Cláudia Silva
Francisco Pires
João Ferreira
José Miguel Costa
Luísa Faria
Mara Silva
Mariana Troina
Rita Agra
Sílvia Neves
Sofia Capitão
Tânia Castro
Tomás Carvalho

Percussionistas
Ana Cristina Laginha, Cathy Filipe, Joana Moça, Juliana Neiva, Liliana Morim, Maria Isabel Silva e Sara Alves

Encenação
Jorge Curto












<2011/2012> 


"Tango"


Apresentação

Que há de comum entre o Teatro, o Amor e o Tango?
Desde logo, comprometer-se com o outo, ter um objetivo que seja partilhado pelos dois, seja o companheiro de palco, a pessoa que se ama ou o parceiro de dança, e empenhar-se na construção de  uma peça, uma a coreografia, um relacionamento.

Depois, a perseverança, a capacidade de resistir às contrariedades, de ultrapassar dificuldades e, se for preciso, recomeçar tudo de novo... mesmo que que alguém tenha esquecido o seu compromisso.
Depois, o querer, a certeza que nos conforta corpo e alma, a convicção  e a paixão que nos impele a desejar ser melhores... atores, amantes, dançarinos... almejar a perfeição, encantar o outro, buscar a nossa realização pessoal na satisfação do outro... a generosidade, o espírito de sacrifício, a coragem de nos esquecermos um pouco de nós e pensar mais no outro...

Depois de enfrentar compromissos rompidos, desistências  desculpadas por falta de pouco querer ou porque foi mais fácil virar as costas, e incertezas quanto à vontade de estarmos mais presentes para o outro, aqueles que restam, hoje e aqui, são, para mim, aquelas pessoas que conseguiram absorver a verdadeira essência da característica comum ao Teatro, ao Amor e ao Tango...

Paixão... por aquilo que dizem, fazem e acreditam... e são estas pessoas com as quais podemos - e devemos - verdadeiramente, contar. Sozinhos, não fazemos nada... serão sempre precisos dois para que haja Teatro, para que haja Amor e para que haja Tango!


Ficha Técnica e Artística

Textos >
Originais dos Devisa, Tyler Perry, João Camilo, et al.

Interpretação >
Ana Isabel Pereira, Ana Mafalda Areias, Armando Gomes, Bárbara Marafona, Bernardo Travessas, Catarina Carreira, Cristiana Gonçalves, João Ferreira, Luísa Faria, Rita Agra, Rita Nova, Sofia Brito

Figurinos >
Cátia Milheiro

Operação de Som >
José Torres

Operação de Luz >
Jorge Curto

Encenação >
Jorge Curto